Pular para o conteúdo

Céu de mim

Ontem céu de mim
Tocou o ar
Meu silêncio cantou um som
Meu azul mudou de tom

Instante pleno
De dentro da palavra
Eu aceno

Rosa laranja lilás
Dentro de mim o todo
Nenhum infinito a mais.

Sara Melo

A partir deste poema, Mariana Caldas criou os seguintes postais, em parceria com o projeto A poética do Voo.

ceu de mim

 

nenhum infinito a mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: